top of page
  • Foto do escritorThe Climate Reality BR

Carta de Diretos Climáticos pelo Brasil: Aldeia Mãe Terra

Atualizado: 21 de nov. de 2023

Como parte de nossas boas práticas de acessibilidade digital, este texto foi disponibilizado como página na web: Carta de Diretos Climáticos pelo Brasil: Aldeia Mãe Terra.

A Aldeia Mãe Terra, localizada no Território Indígena Cachoeirinha no estado do Mato Grosso do Sul, construiu sua "Carta dos Direitos Climáticos" durante um evento realizado no último dia 07 de outubro. O encontro, organizado pelo The Climate Reality Project Brasil em parceria com a Associação Mãos Unidas e com o apoio da SOS Pantanal, contou com a participação ativa de 47 moradores da aldeia, incluindo jovens e adultos. Eles discutiram os impactos das mudanças climáticas em suas vidas e selecionaram três principais áreas de foco para criar demandas visando a melhoria do futuro da comunidade diante da emergência climática.

Os três eixos prioritários identificados pelos participantes foram a demarcação de terras, o direito à saúde e o direito à água. Para cada um desses eixos, foram elaboradas demandas específicas relacionadas ao combate das mudanças climáticas e à adaptação do território. A Carta resultante dessas discussões faz parte do projeto que busca a criação de uma Carta de Direitos Climáticos por bioma brasileiro. A carta da Aldeia Mãe Terra vem como representante do pantanal.


A professora Maria Belizário, indígena Terena da Aldeia Mãe Terra, enfatizou a importância de se manifestar sobre as preocupações climáticas: "As pessoas vão se arrepender do que estão fazendo com o planeta. Mas quando? [...] Não tivemos medo de dizer nada aqui. É isso que precisamos para sermos ouvidos longe. Em 18 anos, nunca a gente se reuniu dessa forma para falarmos desses problemas, todos juntos, mas em dois dias a gente não teve medo de falar."

A Aldeia Mãe Terra faz parte do Território Indígena Cachoeirinha, abrangendo uma área de 36 mil hectares e abrigando aproximadamente 4.920 pessoas da etnia Terena. O território se estende pelos municípios de Aquidauana e Miranda, no Mato Grosso do Sul. A aldeia é resultado de um processo de retomada que celebra seus 18 anos e é habitada por indígenas Terena e Kinikinau. A maior parte da região é coberta pelo bioma Pantanal, que foi afetado por grandes incêndios em 2017, cujos impactos ainda perduram.


Conheça as demandas da Aldeia Mãe Terra, leia a carta na íntegra!

Carta de Direitos Climáticos Aldeia Mãe Terra
.pdf
Download PDF • 3.91MB

E se deseja entender mais sobre a metodologia de criação de Cartas de Direitos Climáticos, e até aplicá-la em seu território, é só clicar no botão abaixo.



82 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page