top of page
  • Foto do escritorThe Climate Reality BR

Crise no setor da reciclagem gera preocupação para os brasileiros

Atualizado: 23 de jun. de 2023

Por Jefferson Bell, Líder da Realidade Climática e membro do Núcleo Estadual Santa Catarina


Como parte de nossas boas práticas de acessibilidade digital, este texto foi disponibilizado como página na web: "Crise no setor da reciclagem gera preocupação para os brasileiros"


Hoje, dia 7 de junho, é o Dia Nacional do Catador(a) de Material Reciclável! Então, não poderíamos deixar de falar sobre esta importante atividade que impacta diretamente a qualidade de vida da sociedade.


A crise no setor da reciclagem está gerando dor de cabeça aos brasileiros. Cada dia está mais comum passar por ruas com materiais reutilizáveis abandonados nas esquinas das cidades.


Em meados do mês de setembro de 2022 os preços dos materiais reciclados vem tendo constantes baixas, catadores que conseguiram vender o papelão acima de R$ 1,00 o Kg, viram os preços chegarem a R$ 0,20 nos dias. Isso desencadeou uma profunda crise no ramo, já que os rendimentos atuais não possibilitam que os catadores tenham uma vida digna.


Seria o fim da reciclagem e o aumento dos aterros nas cidades? Esse cenário representa um enorme desafio para todo o segmento e, obviamente, para a sociedade como um todo.

Os catadores, que tradicionalmente coletavam, separavam e encaminhavam materiais recicláveis para as empresas especializadas, estão sendo forçados a encerrar suas atividades. Este cenário é extremamente preocupante, pois além de prejudicar a própria subsistência dos catadores, existem ainda diversos prejuízos ambientais, pois os materiais que poderiam ser reciclados, estão indo para aterros.


As consequências serão notáveis: impactos ambientais e aumento da marginalização no país, o oposto da intenção que a sociedade almeja; um Brasil mais sustentável! Estamos caminhando para o colapso deste setor que antes seguia um aumento linear na renda destes brasileiros menos favorecidos.


Tentando entender o motivo de tantas baixas, e conversando com as empresas recicladoras, as respostas foram sempre as mesmas.


Devido a crise econômica que estamos passando, a oferta de materiais para serem reciclados, são maiores que as demandas que as indústrias necessitam para produzir suas vendas. Para piorar ainda mais o cenário, mais de 90% das empresas consultadas estão com seus pátios abarrotados de produtos acabados por falta de venda. Já no mês de abril houve parada na produção de algumas fábricas, e também nos próximos meses estão previstas novas paradas para diminuir seus estoques.


Cabe a todos os segmentos da sociedade encontrar soluções efetivas para contornar esse cenário preocupante. É preciso incentivar e apoiar os catadores e todas as empresas que atuam no mercado da reciclagem, obtendo melhores condições para a execução dessa atividade crucial.


Portanto, é preciso agir! Não podemos permitir que o mercado da reciclagem continue a ser impactado pela crise econômica, gerando a falência do setor, e prejuízos também para o meio ambiente! Somente com uma conscientização coletiva e ações imediatas poderemos alcançar um futuro mais sustentável e consciente.


Governo e sociedade precisam agir com urgência!


1.108 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

תגובות


bottom of page